Tendinites e bursites

Tendinites e bursites
Entenda o que é a  tendinite e a bursite

A tendinite é a inflamação ou irritação de um tendão. Os tendões são fibras que prendem os músculos aos ossos e transmitem a força muscular para movê-los.

Já a bursite é uma inflamação da bursa, uma pequena bolsa que contém líquido sinovial que serve de apoio para os tendões protegendo-os nas áreas de proeminências ósseas. Ela permite um melhor deslizamento das estruturas móveis. A bursite é mais diagnosticada no ombro, mas pode acontecer em qualquer articulação, como joelhos, cotovelos e quadris. As causas mais comuns são traumatismo, infecções articulares ou uso excessivo e repetitivo da articulação.

O que sente o paciente com  tendinite ou bursite?

Os sintomas das duas patologias são bastante semelhantes. Há dor na articulação, dificuldade em realizar movimentos, inchaço,  vermelhidão e abaulamento do local. Os sintomas surgem aos poucos, especialmente quando há excesso de sobrecarga no local acometido.

Como avaliar a tendinite e a bursite?

O diagnóstico é feito por exame físico em que o ortopedista analisa a dor, a sensibilidade e a perda da função, complementado com testes de imagem como tomografia ou ressonância magnética.

Qual o tratamento para  tendinite e para bursite?

O tratamento para ambas as patologias é feito com analgésicos e anti-inflamatórios. Porém, distinguir um caso do outro é fundamental por causa da indicação fisioterápica, já que aparelhos e tratamentos diferentes podem ser usados em cada situação.

Como prevenir a  tendinite e a bursite?

Pessoas que realizam trabalhos que exijam movimentos repetitivos são as que mais devem se preocupar com o assunto. Para isso, são necessárias pausas prolongadas e verificar com o ortopedista a forma correta de realizar a atividade. Aquecer os músculos e fortalecê-los também ajuda na prevenção, assim como manter-se hidratado.